Assim como a tecnologia evolui, nós também evoluímos. Quando digo que evoluímos, me refiro as doenças. A compulsão alimentar está relacionada ao excesso de alimentação realizado.  Aquele que come além do que a maioria consome no mesmo período; a velocidade e o tempo que se gasta para comer, além do normal; o sentimento de fragilidade com a compulsão, ou seja, não consegue controlar o desejo de comer, são características dessa anomalia.

Confira neste artigo algumas sugestões para ajudar você a controlar a compulsão alimentar e adquirir mais qualidade de vida.

Ao analisar a doença, observaram pessoas com peso acima do peso normal, e também aqueles com peso certo para sua altura e idade. Descobriram que 2% da população geral e cerca de 30% possuem uma prevalência de TCAP ( transtorno da compulsão alimentar periódica). O tratamento tem ênfase em antidepressivos e psicoterapias.

O objetivo do tratamento é estabelecer qualidade de vida ajudando o paciente com hábitos saudáveis para evitar uma hiperalimentação. Não há indícios certos de hospitalização, uma vez que pode ser tratada no âmbito ambulatorial. A hospitalização está relacionada a casos mais graves associados a depressão devido ao risco de suicídio ou outros tipos de riscos físicos do paciente.

Os fármacos relacionados ao tratamento são típicos inibidores de serotonina (fluoxetina, paroxetina e tricíclico imipramina). São considerados adequados, pois são antidepressivos que vão agir no organismo daqueles que não responderam aos tratamentos psicossociais e já são utilizados em tratamento da bulimia nervosa.

As abordagens psicoterápicas mais utilizadas são: terapia comportamental, psicoterapia focal, psicoterapia interpessoal, tratamentos de auto-ajuda. Sendo a terapia comportamental a que mais tem-se destacado devido apresentar melhores resultados. Pois provoca no paciente uma auto-avaliação onde ele é responsável por raciocinar o que acontece consigo mesmo, seu perfeccionismo, sua baixa auto-estima e forma corporal.

Agora que você já conhece alguns dos tratamentos para compulsão alimentar, o ideal é procurar um médico especializado para que ele analise o seu caso e dê dicas personalizadas para você conseguir controlar a compulsão alimentar.