A dengue é uma doença causada por infecção viral e que hoje em dia tem se tornado cada vez mais comum entre a população, uma vez que o vírus da dengue é transmitido através da picada do mosquito Aedes Aegypt, também conhecido como mosquito da dengue.

Os sintomas da dengue podem variar de acordo com o tipo de dengue e também do organismo do paciente, mas geralmente são: febre alta, dor nas costas, dor de cabeça, febre, dor nos olhos, falta de apetite, vômito, diarréia, dores nos músculos. Quando o período de incubação do vírus estiver quase no fim o paciente também irá sentir muita coceira e vermelhidão na pele.

Existem quatro tipos de vírus da dengue, são eles: DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN-4. Por isso uma só pessoa pode ter dengue quatro vezes ao longo da vida, já que cada variedade do vírus proporciona imunidade especifica para toda a vida.

Entre os quatro tipos de dengue, a mais perigosa é a dengue hemorrágica, que atinge 33% dos infectados.

A dengue hemorrágica se diferencia por ocasionar sangramentos cutâneos ao paciente, como: sangramento gengival, nasal, vômito com sangue, sangue na unira.

A melhor forma de prevenir à dengue é acabando com a reprodução mosquito da dengue, já que não existe vacina ou medicamento que garanta a prevenção contra o vírus da dengue.

O tratamento da dengue ajuda apenas a suavizar os sintomas da doença, é muito importante que o paciente tome bastante água durante o período de incubação do vírus que é de 10 dias. Manter um repouso adequado também é fundamental para a recuperação do paciente.