A dieta ortomolecular é uma das dietas mais populares entre os famosos que pretendem entrar ou manter a forma. O objetivo da dieta ortomolecular é ajudar com que o organismo entre em equilíbrio, combatendo os radicais livres e prevenindo também o envelhecimento precoce.

Ao contrários de muitas dietas para emagrecer, a dieta ortomolecular permite o consumo de todos os tipos de alimento e não faz uso de inibidores de apetite e outros tipos de remédios para emagrecer.

Como fazer a dieta ortomolecular?  A dieta ortomolecular é feita com base em um cardápio alimentar balanceado e também com o uso de métodos naturais para perder peso como fitoterapia, homeopatia e acupuntura.

LINKS PATROCINADOS

A dieta molecular ajuda pessoas a controlar a compulsão alimentar, o desejo de consumir açúcar, a intolerância ou alergia a certos alimentos e também nos ensina a manter uma alimentação correta e equilbrada.

Mas é óbvio que a dieta molecular sozinha não faz nenhum milagre. Para perder peso você precisará conciliar a dieta á pratica de atividades físicas diárias. A atividade física acelerará a queima de calorias e deixará seu organismo mais saudável, resistente e magro. Mas é fundamental praticar exercícios com freqüência para que se note os resultados.

Para quem tem dúvida sobre o que comer na dieta molecular, saiba que os alimentos permitidos são os que têm função antioxidante, dando preferência para alimentos frescos, carboidratos integrais e proteínas com pouca gordura.

No cardápio da dieta ortomolecular os alimentos proibidos são os industrializados,carboidrato simples, carne vermelha e gema de ovo.