A fisioterapia respiratória tem por objetivo aperfeiçoar a função respiratória e melhorar a capacidade pulmonar dos pacientes. Os exercícios de fisioterapia respiratória são muito simples e podem ser feitos sem ajuda ou supervisão, desde que o paciente aprenda a executar os exercícios com exatidão.

Para que a fisioterapia respiratória venha de fato fortalecer os pulmões e melhorar a respiração, é necessário que o paciente pratique os exercícios indicados com freqüência e disciplina e também conforme orientação médica.

Os exercícios de terapia respiratória podem ser indicados por inúmeros motivos aos pacientes, seja por decorrência de uma doença respiratória ou até mesmo como preparação para uma cirurgia que posa enfraquecer os pulmões.

Conheça agora alguns exercícios de fisioterapia respiratória:

Exercícios

Exercícios intercostais: são indicados para aprender a controlar e fortalecer a expansão do tórax.

Respiração diafragmática: é recomendada para fortalecer a expansão da base dos pulmões, o sector que normalmente tem uma maior capacidade.

Espirometria de estímulo: esta técnica, indicada para fortalecer a capacidade inspiratória, é realizada com a ajuda de um espirômetro, um aparelho simples que avalia o volume de ar aspirado.

Sopros: o mais simples dos exercícios, consiste na realização de inspirações profundas seguidas de expirações pela boca efetuadas com os lábios entreabertos, de modo a obstruir a saída do ar.

Expulsão de secreções: a acumulação de secreções nos brônquios provoca uma certa obstrução nestes canais, o que dificulta a respiração e favorece o aparecimento de processos infecciosos. Por isso, em muitos casos de doenças pulmonares crônicas (em particular, bronquite crônica, asma, bronquiectasias e enfisema) são indicados vários tipos de procedimentos simples que facilitam a expulsão das secreções brônquicas.

Drenagem postural: consiste em adaptar e manter posições corporais que favoreçam a drenagem das secreções graças a ação da gravidade.

Percussão: consiste na aplicação de uma série de ligeiros golpes sobre o peito e costas do paciente com o objetivo de favorecer a libertação das secreções brônquicas e a sua posterior expulsão para os brônquios principais.

Fonte: http://www.mulherbeleza.com.br/saude/fisioterapia-respiratoria-exercicios/