A sífilis é umas das doenças mais temidas por pessoas de todas as idades. Mas o que é sífilis? Trata-se de uma doença crônica proveniente de uma bactéria chamada Treponema pallidum. Essa bactéria é transmitida na maioria dos casos por contato sexual sem preservativo.

A sífilis também pode ser transmitida de mãe para filho via placentária, ou seja, as crianças adquirem sífilis durante o período de sua gestação. Alem disso, essa doença também pode ser adquirida por contato íntimo, beijo, transfusão de sangue e outros.

Os primeiros sintomas da sífilis podem ocorrer cerca de 20 dias após a contaminação pela bactéria. A sífilis possui três fases, sendo elas: primária, secundária e terciária. As fazes primária e secundária marcadas por infecções.

LINKS PATROCINADOS

Durante a fase primaria é que surge o cancro, uma lesão na região genital que possui as bordas endurecidas e é não é muito dolorida.

Na fase secundária, alem do cancro, os sintomas da sífilis são: mal estar, dor de garganta, dor de cabeça, perca de peso, diminuição do apetite, entre outros. Alguns pacientes que sofrem de sífilis também reclamam de feriadas por todo o corpo durante a fase secundária da doença, já que é nessa fase que a bactéria se espalha pelo corpo, atingindo outros órgãos e deixando-os comprometidos pela doença.

A fase terciária é extremamente destrutiva ao individuo. Nesta fase os órgãos do corpo já estão comprometidos e a doença é considerada crônica. E diversos outros sintomas podem ocorrer dependendo em quais órgãos a doença irá se manifestar.

Para se evitar o progresso da sífilis é necessário que o diagnóstico seja feito o quanto antes. Por isso é fundamental é que todas as pessoas façam exames periódicos com seus médicos, afinal todos nós estamos sujeitos a adquirir sífilis se não tomarmos os devidos cuidados.

O tratamento da sífilis é feito através de antibióticos. O ideal é que o seu médico indique o melhor tratamento para sífilis de acordo com o seu caso.

E como prevenir a sífilis? A melhor maneira de prevenir a sífilis e as outras DST é usando preservativos durante as relações sexuais. O uso de camisinha é fundamental para que você e seu parceiro ou parceira fiquem seguros, afinal na maioria dos casos as pessoas não sabem que estão com a doença.