A celulite é um mal que atinge praticamente todas as mulheres, é raro encontrar alguma que não tenha, aliás é quase impossível, desde as mais magras as mais gordinhas, ricas, pobres, famosas ou não, altas ou baixas.

O tratamento contra a celulite deve começar primeiramente com a análise do grau de celulite da mulher, a partir do grau é possível estipular o tratamento certo para diminuí-las, tornando-as quase imperceptíveis.

LINKS PATROCINADOS

Deve-se também procurar as causas pelas quais elas surgiram, se foi pela predisposição genética, uso de anticoncepcionais, aumento de peso, falta de exercícios, má circulação, falta de água no organismo, enfim várias podem ser as causas do aparecimento delas.

Os tratamentos podem ser por métodos naturais ou por meio de aparelhos, os naturais incluem uma boa alimentação, diminuição do sal na comida, a prática de exercícios físicos (combinação de musculação com aeróbicos), tomar muita água (no mínimo dois litros por dia), massagens com cremes específicos para celulites.

Já os com aparelhos e feitos em clínicas de estética trazem resultados mas rápido, porém os preços são meio altos, os mais conhecidos são: aparelhos com corrente elétrica, com sessões que duram de 30 a 40 minutos e atenuam celulites de grau 1 e 2.

A Drenagem linfática pode ser feita com ou sem aparelhos, ela melhora a oxigenação, a defesa e ação antiinflamatória do organismo, aumenta a potencialidade reparadora e melhora a capacidade de cicatrização.

O Manthus é bastante conhecido também para o tratamento de estrias e eliminação de gordura, é um tratamento rápido, dura cerca de 20 minutos.

A Endermologia retira o excesso de água, diminuição do efeito casca de laranja e separação da gordura localizada.

A mesoterapia é uma das técnicas mais tradicionais para este tipo de tratamento, atenua a celulite, auxilia na redução de medidas, entre outros.

A celulite nos casos mais graves não desaparece completamente, mas pode tornar-se quase imperceptível, os hábitos saudáveis misturados com os tratamentos citados acima fazem muita diferença.

É importante destacar que os hábitos saudáveis incluem o não uso de bebidas alcoólicas, cigarro, drogas, e outras coisas que não fazem bem à saúde.